(41) 3303.6777 | (41) 99500.9977 (41) 99500.9977 | contato@nfernandes.com.br Nós Acreditamos!
Fernandes Advogados – Nós Acreditamos! -

Artigos

06/02/2019

Companhias aéreas possuem responsabilidade no atraso/cancelamento de voos?

A maioria das viagens são programadas e planejadas com antecedência inclusive para a aquisição das passagens aéreas que usualmente são ofertadas com maiores descontos, contudo, pode ser que no dia do embarque o consumidor se depare com o atraso e/ou cancelamento do voo.

Nestas circunstâncias, até que ponto a companhia aérea poderá ser responsabilizada para indenizar o consumidor? Os problemas que podem ocorrer e resultar no atraso ou cancelamento do voo são diversos, sendo que os mais comuns são o reajuste da malha aérea em razão do mau tempo. De fato, não é difícil imaginar que eventuais problemas climáticos possam ocorrer, gerando o atraso ou até mesmo o cancelamento de voos, porém, observa-se que o entendimento da jurisprudência é que a alegação genérica de “mau tempo” não tem aptidão para afastar a responsabilidade objetiva do transportador, visto que problemas climáticos são fatos previsíveis no contexto da atividade da companhia aérea.

Para as Turmas Recursais do TJ/PR “o cancelamento e o atraso de voo, somado ao descaso e a relapsa da companhia aérea quanto à demonstração da causa e forma de administração do incidente, enseja reparação por danos morais”. A jurisprudência já identificou com clareza situações que ensejam a reparação de danos morais. Além do atraso/cancelamento do voo, é necessária a demonstração do descaso, falta de informação, atendimento falho e ineficaz da companhia área.

Desta forma, a companhia área possui responsabilidade pelos atrasos/cancelamentos de voo, devendo indenizar o consumidor quando tratá-lo com descaso, deixando de demonstração os motivos do atraso/cancelamento e como está lidando com a situação para de minimizar os transtornos sofridos pelos usuários.

Andryel Lincoln

OAB/PR 65.309

Dr. Andryel Lincoln de Castro

Autor(a): Dr. Andryel Lincoln de Castro

Ver mais artigos deste autor

voltar

 

 

POLÍTICA DE PRIVACIDADE: Este site guarda informações fornecidas em banco de dados para uso posterior. Nenhuma informação pessoal de usuário que preencheu algum formulário deste site será divulgada publicamente. Nos comprometemos a não vender, alugar ou repassar suas informações para terceiros. O presente termo permite que usemos as suas informações para o envio de e-mails como comunicados, notícias e novidades, sendo possível o cancelamento a qualquer momento. Nos e-mails enviados há um link para descadastramento de assinatura. Essa Política de Privacidade pode passar por atualizações.